segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Favoritos de 2015

Enquanto escrevo esse post estou voltando de viagem. Viagem essa inspiradora, revigorante, cheia de espírito! É, migos, chegou o tal do 2016. E chegou lindo: cercado de gente buena, boas vibrações, praia, sol, zero preocupações. Posso querer mais? Bah, vou falar que na real POSSO SIM. Quero um 2016 ainda mais incrível, ainda mais cheio de surpresas e muito mais lotado de favoritos. Porque voltando - ou entrando - no assunto do post, é disso que eu vim falar: favoritos. 
Por mais shitty que 2015 possa ter sido em diversos aspectos, também foi um ano de coisas novas maravilhosas. Juro escolher um único favorito por categoria - mesmo tendo certeza que vou quebrar a promessa e colocar segundos e terceiros lugares. Vem comigo!

Filme: Questão de Tempo. Eita filme lindo e leve de assistir.

Música: Reckoning Song (One Day) - Asaf Avidan. A versão acústica! Simplesmente maravilhosa.

"Artista": Justin Bieber. Podem me julgar que eu não ligo. Biebs voltou com músicas muito boas, com diferentes vibes para diversos momentos. E todas grudaram na minha cabeça. Virei Belieber. AH! E a Adele, é claro.

Banda: Banda do Mar. Ouvi o albúm inteiro, o ano inteiro, sem parar e nem enjoar. Escolhendo uma música favorita, fico com Vamo Embora. 

Série: UI. Difícil. Assisti muitas séries novas esse ano. Mas vamos com Mad Men em primeiro lugar, seguida por Orphan Black, Jessica Jones, How To Get Away With Murder e Sense8.

Quote: Fate loves the fearless. Acho que essa nunca vai mudar.


Palavra: Auto-confiança.

Livro: Objetos Cortantes - Gillian Flynn. Quem leu ou assistiu Garota Exemplar vai amar forte!


Bebida: Chimarrão, seguido por suco verde.


Comida: A tapioca nossa de todos os dias. Num nível de preparação mais elaborado, fico com dois pratos que são especialidades minhas: Risoto de gorgonzola com alho poró e macarrão ao molho de ervas finas, mussarela de búfala e tomate seco.

Hábito: Caminhar/correr.

Lugar: 3 - Minha cama, a sacada aqui de casa e o gasômetro. Num sentido noite, fico com o Cabaret. Num sentido comilança, Consultório Culinário, Komka e Primo Polastro. Para um café rapidex, Valkiria Café. E para um café da tarde no melhor estilo gordice uruguia, Padaria MercoPan.


Blog: Tudo Orna.

Youtuber: Claire Marshall do canal Hey Claire, seguida por Jenn Im do Clothes Encounters e Kathleen Lights.

Rede social: Instagram.

Perfil de Instagram: @twiceblessed_

Produto de make: Iluminador The Balm Mary Lou-Manizer.


Batom: Velvet Teddy, MAC.

Peça de roupa: Saia lápis.

Calçado: Tênis branco.


Cidade favorita: Punta del Diablo.


Se eu lembrar de mais categorias, atualizo o post! 


terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Let's talk about 2016

Cá estamos, dia 29 de dezembro de 2015. Já consigo sentir o cheirinho de 2016! E é 2016 mesmo. Ao contrário do meme genial do 2015 s, eu acredito plenamente no potencial desse ano que já tá batendo na porta. E como disse a musa-maravilhosa-katniss Jennifer Lawrence, "Ano Novo é época de ficar bêbada". Mas não, não vim aqui falar sobre todo o champagne, drinks e cerveja gelada que vou beber durante os quatro dias que fico no Uruguai a partir de amanhã. Vim falar sobre o que eu sempre falo no fim de todo ano. Metas. How boring, i know. Resumindo: Todo fim de ano faço uma listinha singela de objetivos alcançáveis, coisas que realmente só dependem de mim colocar em prática, e no fim do ano em questão rola o review do que consegui realizar. Durante 2015, consegui colocar na vida real mais da metade dessas metas, o que já soa como uma grande conquista, não? Pois esse ano quero me superar. Quero dar um check em 100% dos tópicos. Vem comigo?

.Em 2016 eu quero guardar dinheiro. Essa meta entra no topo da lista exatamente por ser aquela que eu sempre empurro com a barriga, a que nunca consegui dar o check. É o meu maior desafio sem dúvidas. Na mesma vibe, esse ano quero ser organizada com o meu dinheiro. A ideia é ter planilhas de excel e tudo. Let's do this shit.

.Em 2016 vou me dedicar muito para o StyleMood. ser incrível.

.Em 2016 quero entrar na academia. Eu VOU entrar na academia. Como contei no Review 2015, eu tenho caminhado e/ou corrido todos os dias, o que já é grande! Mas quero entrar com tudo nesse barco. Não digo virar super fitness, porque nunca vai ser o meu estilo, mas quero sim cuidar cada vez melhor do meu corpo e me sentir mais satisfeita com ele. Além da saúde, que agradece o gesto.

.Em 2016 vou organizar minha próxima viagem. Sinto que já fazem anos que viajei ~ pra longe ~ pela última vez, e GENTE! Quero muito viajar de novo. O destino ainda parece incerto na minha cabeça, mas tudo aponta para NY, a cidade que eu sempre quis conhecer. Talvez com uma road trip pela Califórnia? Talvez. Soa lindo. 

.Em 2016 vou começar a levantar mais cedo. E parar de colocar o soneca. É sério.

.EM 2016 EU VOU FAZER DE TUDO PARA ME FORMAR NA FACULDADE! 

.Em 2016 eu quero aprender a priorizar as pessoas e coisas certas. Colocar quem merece em primeiro lugar.

.Em 2016 quero manter a minha cabeça aberta. Aberta para possibilidades, pessoas, convites, experiências, novidades, coisas lindas. Cabeça aberta sempre!

Bring it on, 2016!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Review 2015

Como todo mundo tem falado incessantemente, 2015 foi um ano simplesmente bosta. Caótico. Tenso. Triste. Shitty. Foram tragédias sociais, públicas, ambientais, políticas, sentimentais. Caos em cima de caos. Além desse bando de coisas ruins que afetam todo mundo, parece que 2015 também foi um ano cheio de tragédias pessoais para muita gente. Eu vi pessoas desmoronarem na minha frente. Vi choro, desrespeito, falta de educação, atitudes lamentáveis, pensamentos mesquinhos, imaturidade. Observei comportamentos tristes, acompanhei auto sabotagens, vi de perto o tal do mau-caráter. Até eu, classificada como forte e prática por muitos tive o meu momento "desmoronamento". Durou pouco, muito pouco, mas aconteceu. Até os fortes cruzam a curva errada. 
2015 foi um ano de auto-conhecimento, de novos aprendizados, de novas amizades, de novos começos, de finais já premeditados pelo simples fato de que a vida está aí para nos dar o que precisamos. That's it! Muitas vezes, a vida nos dá exatamente o que a gente precisa, não necessariamente o que a gente quer. Pelo menos não num primeiro momento. 2015 também foi o ano de cansar de tudo. Cansar da vida, do dia a dia, da rotina, das pessoas, dos lugares. Foi um ano de péssimas escolhas, de muitos erros, de arrependimentos, de poucas risadas. Se eu tivesse que escolher uma única palavra para 2015, essa seria "rollercoaster". Altos e baixos infinitos. What a ride.  
Mas sabe o melhor? Esse ano insano vai embora da melhor maneira possível pra mim: cheio de planos. Planos e mais planos para um 2016 all new, fresh-faced. Vou abandonar ele com um baita sorriso no rosto, muita bagagem adquirida e histórias para contar. 

Em 2015 eu cumpri algumas das metas que tinha traçado láá em 2014.
.Comecei a me exercitar, sempre que possível. Admito que não faz tanto tempo assim que consegui colocar em prática, mas já conta.
.Experimentar receitas novas! Sim, eu aprendi muita coisa na cozinha esse ano e posso dizer que estou orgulhosa das conquistas.
.Consegui ler um livro por mês, o que já é incrível considerando o meu dia a dia caótico. Sei que é pouco, mas para quem faz 68756 cadeiras por semestre na faculdade e trabalha o dia todo, acho justo.
.Ter a mente e o coração mais abertos. Essa é a meta que mais me encantou colocar em prática. Como eu disse em 6 de Janeiro desse ano de 2015: "Quero estar mais aberta a convites, a oportunidades, a ideias e a pessoas. Preciso deixar as pessoas entrarem na minha vida ao invés de deixá-las de fora. Quero ter a cabeça aberta a novos projetos, e novos conceitos, a opinião das outras pessoas. É hora de ouvir mais, de falar mais, de sentir mais." Eu fiz. E foi/está sendo incrível.

No mais, a gente conversa de novo sobre isso durante as metas para 2016.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Tati Chats #4

Uma semana depois do post "i'm back", ~ i'm back. Acho que o Domingo tem alguma coisa que faz com que eu queira dar uma passada aqui. Ei Domingo querido, me explica qualé dessa vibe pra eu replicar? Acho que é simplesmente um novo ritual, onde eu sento na frente do computador, coloco algo bom pra tocar e me deixo ir longe em links e ideias e tudo mais. Eita coisa boa! 
Como eu disse semana passada, o próximo post que eu escreveria seria um bom e velho Tati Chats, pra atualizar todo mundo no que anda rolando por aqui. 


Fato 1 - e que não entra em nenhum tópico: caso não tenham percebido ou não me sigam no Instagram (@tatiforneck), cortei o cabelo. E sim, foi libertador. Me sinto outra pessoa, uma versão melhorada de mim mesma. Bye bye, old Tati. 

Fato 2 - Tenho escrito textos ~ reflexivos ~ sobre diversas coisas, e estou pensando seriamente em postá-los aqui, randomicamente, despretensiosamente. Que tal?

Ouvindo: No repeat dois albúns muuuuito esperados por mim, "25" da MUSA Adele e "A Head Full Of Dreams" dos meus lindos do Coldplay. Favoritas: Water Under The Bridge - A, Up & Up - C. Adele voltou mais maravilhosa que nunca, com muitas músicas incríveis, assim como Coldplay, que sempre acerta comigo. Dessa vez, sinto que eles acertaram profundamente, me lembrando aqueles caras da antiga, principalmente com Everglow. BTW, Everglow é a melhor palavra do mundo. Vou tatuar. É sério.

Lendo: Sendo super sincera? NA-DA. Nada andou me animando muito e admito não ter ido atrás de indicações. Dicas?

Pinning: As lindezas que rolam no @stylemood__, obviamente. Tenho um painel só com as produções que rolam lá, mas recomendo mesmo que vocês sigam o pinterest próprio do Style Mood. que já foi criado. Fora isso, rolaram uns quotes bem ótimos também. Ah! Quem ainda não sabe o que é o style mood, por favor leia esse post.

Estudando: Também nada. Porque não sou obrigada depois de um semestre de faculdade. A recém entrei de férias, give me a break.

Assistindo: Ahh esse tópico é bom! Nesses últimos meses, além de manter as séries que eu já assistia, comecei e terminei Revenge (sei que todo mundo fala que é bom no início e depois fica uma bosta, e eu concordo, mas não desisti da série, me apeguei e gostei sim no final - podem julgar), comecei semana passada a assistir Jessica Jones e estou completamente vi-ci-a-da. ♥ Vejamos o que mais... acho que fora isso todas as minhas séries estão naquele hiatus insuportável. Mas vamos comentar que How To Get Away With Murder tá incríveeeel, que série é essa Brasél? Dextruidora. Desistências: comecei a ver Suits e White Collar, parei. Ahhh, é claro que vi Narcos. É demais. Vejam. 

Pensando: Bá. Nem sei por onde começar. Pensando muuuitas coisas. Acho que esse tópico fica para os textos que pretendo postar aqui. Pode ser? Mas lá vai um pequeno pensamento: Se ame. É, simples assim, se ame. Eu percebi nos últimos tempos que só é possível amar alguém se você se amar. Clichê, né? Mas super real.

Agradecendo: Pela minha mãe maravilhosa, super poderosa, linda e única. Como eu amo essa mulher! Agradecendo também pela minha família, a qual eu admito muitas vezes não ter dado tanto valor. E agradecendo muito por morar perto de um "parque" aqui em POA, o que tem facilitado muito a minha nova meta de correr/caminhar com frequência. Sim, eu tenho feito isso, e tem sido ótimo!

Necessitando: Das miga pra balada. Migas blogueiras e não blogueiras e qualquer miga de POA, foi?

Vestindo: Esse é outro update super interessante. Nos últimos meses me redescobri totalmente quando o assunto é estilo. Não que eu ache que me vestia mal antes, não é isso! Simplesmente encontrei o estilo de produção que eu gosto, a paleta de cores que me agrada, as combinações que mais ornam com a minha pessoa. Me descobri uma pessoa muito mais básica e minimalista do que eu era e finalmente achei o tipo de peça que cai melhor do meu corpo. No quesito estilo, achei o meu. Não sei defini-lo em uma palavra, mas sei do que gosto e do que não gosto, e isso é o mais importante. Quem segue o @stylemood__ já conseguiu ver bem a mudança, né? Fica aqui um gostinho.


Comendo: Cada vez melhor e mais saudável. MUITO orgulho de mim mesma. Mas admito que no churras de Domingo me rendi a uma cassata maravilhosa de maracujá e chocolate. Shhhhh.

Sentindo: CALOR. Que calor é esse que faz em POA, gente? Socorr. Além de calor, sinto dor nas pernas da corrida de hoje, sinto vontade de dançar, de tomar banho de chuva, de cantar num karaokê.

Amando: Amando esse novo momento da minha vida, amando conhecer gente nova, fazer novos planos. Amando a diversidade das pessoas! Como as pessoas são diferentes. Como a gente se surpreende, se decepciona, se choca. Estou chocada. Amando caminhar/correr no Gasômetro como já citado. Amando tomar um mate com os velhos quando chego do trabalho no fim do dia. Delícia!

Planejando: A viagem de ano novo! Depois de muitos anos vou viajar com amigos, e o destino é Punta Del Diablo - UY. Não vejo a hora!

Desejando: F-É-R-I-A-S. Férias. E mais férias. COME TO MAMA.

Ok, chega de updates por hoje! Até o próximo, beautiful friends.